Vinhos do Tejo recebem visita de profissionais do Brasil

Um grupo de importadores e distribuidores de cadeias de supermercado do mercado brasileiro têm estado de visita à Região do Tejo, visita que tem estado a decorrer de 14 a 25 de Agosto.

Os produtores visitados pela comitiva brasileira são a Quinta da Ribeirinha, Adega do Cartaxo, Casal do Conde, Agro-Batoréu, Casal da Coelheira, Enoport United Wines, Casal Branco, Quinta do Casal Monteiro, Fiuza e Quinta da Alorna.

É relevante mencionar que o Brasil é um dos principais mercados estratégicos dos Vinhos do Tejo e o mais bem sucedido neste momento, sendo que a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo - CVR Tejo - pretende atingir um crescimento record em 2017.

Dados recentes deste mercado indicam que na primeira metade de 2017 houve também aumento do número de produtores activos nesse mercado. O aumento maciço das exportações para o Brasil tornou-se o principal motor do crescimento das exportações dos Vinhos do Tejo. Claramente, o objectivo da CVR Tejo é garantir que as exportações para o Brasil na segunda metade de 2017 sejam tão bem sucedidas como na primeira metade.

De um modo geral, o volume de exportações para os 6 principais mercados de exportação aumentou 30% na primeira metade de 2017. No entanto, esta conquista encorajadora tem comportamentos diferentes em cada mercado-alvo. Assim, o Brasil confirma-se como o principal mercado de exportação, o mercado alemão começa a recuperar o crescimento, os mercados norte-americano e inglês também aumentaram o volume de exportações face a 2016, no entanto, a China e a Polónia estão com performances menos expressivas, sobretudo a Polónia.

Além dos 6 mercados estratégicos atrás mencionados, França, Angola, Suécia e Suíça, com respectivamente 10,6%, 7,4%, 5,6% e 3,5% do total das exportações totais, são depois dos mercados estratégicos os maiores mercados em volume.

A CVR Tejo tem vindo a promover os Vinhos do Tejo no Brasil, não apenas junto de profissionais da área, como é o caso destas visitas de profissionais à Região, mas também a consumidores finais, nomeadamente com acções como o projecto educacional “Caravana dos Vinhos do Tejo”, assim como as participações em diversos eventos, como a “Grande Prova Anual de Vinhos do Tejo”, o evento “Rio Wine & Food Festival” e o “Concurso de Enogastronomia” com Vinhos do Tejo no Brasil.

Citando João Silvestre, Director Geral da CVR Tejo, “O Brasil continuará a ser um mercado prioritário, pois os vinhos portugueses são cada vez mais uma preferência dos brasileiros”.